franquia brasileira de qualidade internacional

Uma história de amor e vida!

A Escola de Educação Infantil Peixinho Feliz nasceu do desejo da sua idealizadora, Damir Forner, de promover mudanças na prática pedagógica da educação infantil e contribuir para a sua melhoria. A finalidade primordial da escola é oferecer às crianças amor e segurança e aos pais a tranquilidade necessária para desempenhar suas atividades profissionais, sabendo que seus filhos estão recebendo cuidados, educação e acompanhamento personalizado do seu aprendizado e desenvolvimento.

Com experiência consolidada na área da educação no Brasil e no exterior, principalmente nos Estados Unidos, Damir Forner, Mestre em Ciências Humanas e Especialista em Linguística pela Eastern Michigan University/Estados Unidos e Mestre em Educação pela Universidade do Oeste de Santa Catarina/Brasil, se propôs a buscar inovações capazes de redimensionar os processos de ensino, aprendizagem e avaliação na educação infantil a partir de princípios científicos de acompanhamento dos processos de evolução da criança de zero a seis anos de idade.

A fim de aprofundar seus conhecimentos, Damir criou e registrou a Escola Winner Kids, no ano de 2002, no cumprimento da legislação que normatiza a educação infantil no município de Chapecó, Santa Catarina, através da Secretaria Municipal de Educação e do Conselho Municipal de Educação.

Durante dois anos, 2002 e 2003, Damir Forner, juntamente com uma professora, trabalhou com um grupo piloto de dez crianças de dois e três anos de idade. O estudo contemplou elementos essenciais para a formação integral da criança como um ser biofísico, cognitivo, afetivo, emocional, psicossocial, histórico e cultural que precisa brincar para aprender, se desenvolver e formar seu caráter e sua personalidade de modo saudável e feliz.

Entre os elementos estudados, destacamos: alimentação, nutrição e paladar infantis; abordagem linguística e como falar com a criança; modos efetivos de comunicação com a criança e com seus pares; diálogo e negociação; como fazer trocas; estados emocionais; socialização e adaptação à escola; construção da autonomia; os sentidos e como a criança percebe o mundo e reage de forma subjetiva aos estímulos externos; coordenação motora e psicomotricidade; marcos do desenvolvimento infantil; motivação; atenção, percepção e memória; imaturidades e dificuldades da criança em nível individual e coletivo.

Em 2004, foi criada a Escola de Educação Infantil PEIXINHO FELIZ. Por que peixinho feliz?

Levamos bastante tempo para encontrar uma identificação visual e um nome que pudessem cristalizar o conceito de educação infantil elaborado durante dois anos de pesquisa. O objetivo era criar um elemento lúdico capaz de encantar a criança e com o qual ela se identificasse intimamente.

A CRIANÇA foi o centro do nosso estudo e será sempre o centro do trabalho realizado em todas as escolas da Rede de Escolas de Educação Infantil PEIXINHO FELIZ. Criança é manifestação da VIDA que se renova, evolui e possibilita mudanças essenciais em nível individual e coletivo a partir das experiências que lhe são disponibilizadas pela escola e pela família.

A vida de cada ser humano está intimamente ligada ao elemento água. Nossa primeira moradia é a placenta, a bolsa de água onde ficamos imersos por nove meses. É na placenta que construímos as memórias primitivas ou atávicas que ficam guardadas no inconsciente e que levamos conosco durante toda a vida. As memórias primitivas/atávicas estão vinculadas à nossa filogenia, ontogenia, microgenia, e sociogenia (VIGOTSKI APUD KOHL, 2001).

Assim, consideramos a relevância vital da água que compõe 75% do nosso corpo biofísico e que faz parte permanente da nossa memória.

Ao nascer, a criança tem o seu cordão umbilical cortado e fisicamente é separada da mãe. No entanto, o vínculo permanece na sua mente para sempre e, muito especialmente, nos primeiros anos de vida. O peixe, a água e as cores que compõem a identificação visual da Escola de Educação Infantil Peixinho Feliz cristalizam esta profunda relação do ser humano com suas origens e as crianças estabelecem um forte vínculo de identificação e amor com o Peixinho Feliz.

A cromologia destaca que o cérebro relaciona as cores a diferentes tipos de sensações, separando-as em cores quentes e cores frias. O amarelo é uma cor quente que provoca sensações de calor e energia; por sua vez, o azul é considerado uma cor fria que transmite a sensação de permanência, segurança, calmaria, tranquilidade e harmonia. Assim sendo, percebemos que a escolha pela junção das cores amarelo e azul intensifica sensações presentes na mente da criança e fortemente vinculadas à sua vida cotidiana.

ÁGUA = VIDA = ÁGUA, ÁGUA, ÁGUA... Peixes vivem na água! Peixe amarelo, água azul! Desse modo chegamos ao significado e sentido do Peixinho Feliz, repleto de beleza nas suas formas e na expressão dos seus olhos!

PEIXINHO FELIZ: uma história de amor e vida!